0018 ESBU
Estúdio Botucatu
fazenda demétria / botucatu / sp
2013



parceria guilherme bravin

ficha técnica
autores alexandre gervásio, erico botteselli, guilherme bravin, lucas thomé e pedro de bona















O estúdio Botucatu é fruto da interação entre a busca pela construção do bem-estar de seu habitante e 
um intenso processo de auto-reflexão disciplinar em que peso e leveza 
se fundem para colocar a finitude material à serviço da infinitude do desejo humano. 
O cliente requisitou um espaço que pudesse tornar-se qualquer coisa, que tomasse facilmente a forma de seus desejos,
contemplando desde a possibilidade de comportar um mini-teatro  até um quarto para a meditação. 
Diante da entrecruzada entre um tempo dinâmico e os indefiníveis e metamórficos anseios do cliente, os arquitetos,
 à dessemelhança da atual tendência midiática da arquitetura, recusaram a prática monumental,  
trabalhando pela produção de uma silenciosa arquitetura recipiente. 
Singela, limita-se a poucos elementos, apenas o necessário para a construção de um sistema de recepção 
que comporte variadas disposições para acomodar as múltiplas atividades e ambientações desejadas.

A "caixa" de concreto é a única estrutura fixa, responsável pelo acolhimento 
das intempéries alheias à aspiração humana e pela acomodação de toda a estrutura,
 liberando o espaço interno de elementos imóveis. 
No interior, o volume é livre. O mezanino de madeira é extremamente leve e de fácil desmonte, 
além de estar sustentado por uma estrutura atirantada, evitando a necessidade de grandes destruições nas futuras reformas. 
Basta despendurar para dar saltos em uma cama elástica, e re-pendurar para ter um loft de dois andares. 
Desmontar e remontar para novas conformações, às quais os arquitetos dão apenas as regras, deixando as jogadas para o próprio habitante. 
Já projetado como um vir-a-ser, a re-formalização é a essência de sua concepção.

texto pedro beresin


The Botucatu studio is fruit of the interaction between the  search for the construction of the well-being of its inhabitant and
an intensive process of disciplinary self-reflection in which weight and lightness
merge to put the material finitude into service of the human will infinitude.

The client asked for a space that could turn into anything, that could easily take the shape of his dreams,
contemplating since the possibility of comporting a mini theater til a room for meditation. 
In front of the intercross between a dynamic moment and the undefined and methaphorics client's wills, the architects,
to the dissimilarity of the current media trend of architecture, refused the monumental practice,
searching for the construction of a silent container architecture.
Self-effacing, it limits itself to a few elements, only the necessary to construct a reception system
that bear arrangement to accommodate the multiple activities and desired ambiances.

The only immovable structure is the concrete "box", responsible for the refuge
of the intemperate unrelated to human aspiration and by the accommodation of the entire structure,
freeing the indoor space of the unmoved elements.
In the interior, the volume is free. The wood mezzanine is extremely light and easy to dismantle,
besides being sustained by a cable structure, avoiding the necessity of great demolitions in the future renovations.
You need only take it off to jump on a trampoline, and put it back on to have a two-story loft.
Disassemble and reassemble to allow for new configurations, of which the architects give only the rules, leaving the plays to the resident.
Already designed as a come-to-be, the re-formalization is the essence of its conception.

text by pedro beresin























croqui  
croqui





planta térreo  
ground floor plan






planta mezanino
mezzanine plan







corte aa    
section aa








corte bb
section bb







   

axonométrica explodida
exploded axonometric










perspectiva cortada
sectioned perspective





banheiro perspectiva cortada
sectioned bathroom perspective






axonométrica cortada
sectioned axonometric







detalhe axonométrica cortada
sectioned axonometric detail


1_contrapiso como proteção mecânica da impermeabilização
2_impermeabilização de manta asfáltica
3_contrapiso de argamassa mista com argila expandida
4_laje painel pré-fabricada
5_vidro temperado 10mm para iluminação zenial
6_rufo de zinco galvanizado
7_bloco de concreto 19x39cm para arremate da impermeabilização
8_painel de osb para fechamento da iluminação zenital
9_viga de concreto parede externa
10_viga de concreto parede interna
11_bloco de concreto 19x19cm deitado como elemento vazado
12_bloco canaleta 19x39cm grauteado





página inicialprojetos / work       sobre / about

              selecionados / selected      residencial / residential      comercial / commerce      educacional / education      infraestrutural / infraestructure     institucional / institutional     todos / all

|

residencial / residential




+


  ★ sede royal fic ★  
comercial / commerce


+




residencial / residential



+



infraestrutural / infraestructure

|
|

  ★ wish school ★  
educacional / education



+



comercial / commerce



+




residencial / residential
[


+

residencial / residential

|
|

★ casa havaí 
residencial / residential



+



residencial / residential


+




residencial / residential



+



institucional institutional

|